www.tsdobrasil.srv.br
Tratamentos Térmicos
Têmpera e Revenimento de aços-ferramenta
(Beneficiamento de ferramentas)
"Temperar" ou "beneficiar" uma determinada ferramenta de aço significa submetê-la a um tratamento térmico com a finalidade de aumentar sua rigidez, sua resistência ao desgaste e sua resistência à fadiga, mantendo-se uma tenacidade (resistência a impactos) compatível com as necessidades de campo - em resumo, significa aumentar a vida útil da ferramenta.
O processo completo consiste de um aquecimento, feito em etapas, até atingir uma temperatura, denominada "austenitização", seguido de um resfriamento brusco, denominado "têmpera" e, de um ou mais reaquecimentos a temperaturas denominadas "revenimento, ou revenido". Todas estas temperaturas e também os meios de aquecimento e de resfriamento serão determinados em função do tipo de aço escolhido. Portanto, o projeto da ferramenta é o fator determinante. Serão as respostas a algumas perguntas, do tipo que servirão de guia, tanto para a escolha do tipo de aço, quanto para a realização do tratamento térmico mais adequado.
• Qual é a temperatura de trabalho da ferramenta?
• Ela está sujeita a choques térmicos?
• Ela está sujeita a um ambiente corrosivo?
• Ela sofre impactos ou choques mecânicos?
• Ela precisa de mais rigidez, ou de mais tenacidade?
• Ela está sujeita a vibrações?
• Como é a geometria da ferramenta?
• Etc.
A TS do Brasil dispõe de dois tipos de equipamentos (duas tecnologias distintas) para a realização destes serviços:
Em forno a vácuo.

Em fornos de cadinho, contendo sais fundidos.

Atenção especial
Ferramentas que, após o beneficiamento e usinagens finais de acabamento, serão revestidas por processos PVD (tecnologia CERTESS) deverão receber tratamento térmico diferenciado. Logo, esta condição deverá ser informada antes da realização do tratamento térmico, independentemente dele ser realizado a vácuo ou em sais fundidos.
Site criado por www.webcriativo.com.br